brasilrussiaEstádio Luznikhi (Foto: Monara Marques / Sagres On)

O trio Paulinho, Philippe Coutinho e Willian salvou o Brasil de um primeiro tempo a ser esquecido. Com boa atuação na etapa final, o Brasil venceu a Rússia por 3 a 0, no estádio Luznikhi, local que receberá a final da Copa do Mundo no dia 15 de julho, em Moscou. O jogo desta sexta-feira teve cobertura da Rádio Sagres 730, com os repórteres Monara Marques e Rafael Bessa diretamente da Rússia.

Além da dupla em Moscou, a Rádio Sagres 730 teve a estreia em transmissões do narrador Everaldo Marques, com os comentários de Evandro Gomes e Wendell Lira, além da apresentação de José Carlos Lopes, novos integrantes do modernizado esporte da Sagres 730, que promete um estilo diferente de rádio em Goiás e no Brasil.

Antes de definir os 23 convocados para a competição, o técnico Tite ainda terá mais uma oportunidade para testes e confirmações. Na terça-feira, o Brasil reencontra a Alemanha, em Berlim, partida que tem início às 15h45 e terá a transmissão da Rádio Sagres 730, diretamente da Alemanha, com os repórteres Monara Marques e Rafael Bessa.

Desde o empate sem gols contra a Inglaterra, em novembro, o tecnico Tite passou a dedicar boa parte do seu tempo e estudar como furar defesas com cinco marcadores, com poucos espaços para os atacantes.

Contra a Rússia, Tite encontrou o que queria: os cinco defensores, todos bem postados e com um forte bloqueio. Mas o que o treinador não viu foi o futebol do seu time nos primeiros 45 minutos. O início até parecia promissor, quando Daniel Alves encontrou Gabriel Jesus, que finalizou fraco em cima do goleiro Akinfeev e perdeu o gol.

Foi a única chance clara de abrir o marcador. Apesar de ter finalizado nove vezes, o goleiro Akinfeev teve pouco trabalho. A que mais assustou foi quando Willian recebeu na área, mas concluiu sem força em cima do veterano jogador russo.

Os russos demoraram a se arriscar ao ataque, mas tiveram as melhores chances de gol. Aos 30 minutos, Daniel Alves perdeu a bola na intermediária. Samedou aproveitou o vacilo e chutou para Alisson fazer a primeira defesa no jogo. Seis minutos depois, Miranchuk recebeu passe de Smolov, mas mandou para fora e perdeu a oportunidade mais clara de gol.

Com o futebol decepcionante, Tite aproveitou o intervalo para dar novo ânimo ao time. E conseguiu. Logo no primeiro minuto, Paulinho recebeu passe de Willian e parou em Akinfeev. No rebote, Coutinho foi atrapalhado pelo marcador e concluiu mal. A pressão seguiu e a Rússia se atrapalhava. Após chute de Willian, a bola desviou na defesa e bateu no rosto de Akinfeev e foi para escanteio.

Foi ali que iniciou o gol. Aos sete minutos, Willian levantou na área, Thiago Silva cabeceou e Akinfeev deu rebote nos pés de Miranda, que completou para o gol: 1 a 0. Com a vantagem no placar, tudo ficou mais fácil, principalmente pelo crescimento de Coutinho e Paulinho na partida.

Sem Neymar, o camisa 11 assumiu a função de protagonista. Após driblar três, Coutinho chutou, Paulinho desviou e parou, mais uma vez, em Akinfeev. Aos 16, Paulinho entrou novamente em ação. Ao receber passe de Willian, o jogador foi derrubado na área. Pênalti cobrado por Coutinho: Brasil 2 a 0.

A vantagem ficou ainda maior aos 20 minutos. Destaque da partida, Paulinho recebeu cruzamento de Willian e fez 3 a 0. No melhor estilo amistoso, sem limite para trocas, os 15 minutos finais foram apenas protocolares, à exceção de um erro brasileiro, quando Miranchuk encobriu Alisson, mas parou em Thiago Silva, que impediu o gol na linha e garantiu os 3 a 0 do Brasil no primeiro jogo na terra da Copa.

OUÇA A EMOÇÃO DE EVERALDO MARQUES

FICHA TÉCNICA

RÚSSIA 0x3 BRASIL

RÚSSIA

Akinfeev; Granat, Kutepov e Kudryashov; Samedov (Smolnikov), Zobnin (Erokhin), Glushakov (Anton Miranchuk), Golovin e Kombarov (Zhirkov); Aleksey Miranchuk (Dzagoev) e Smolov(Zabolotnyi). Técnico: Stanislav Cherchesov.

BRASIL

Alisson; Daniel Alves (Fagner), Thiago Silva, Miranda (Pedro Geromel) e Marcelo; Casemiro, Paulinho (Renato Augusto), Philippe Coutinho (Taison), Willian (Fred) e Douglas Costa; Gabriel Jesus(Roberto Firmino). Técnico: Tite

ÁRBITRO: Alexey Kullbakov

ASSISTENTES: Dmitriy Zhuk e Oleg Maslyanko

GOLS: Miranda, aos 7, Coutinho, aos 16, e Paulinho, aos 20 minutos do segundo tempo.

LOCAL: Estádio Luznikhi, em Moscou, na Rússia

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação