Salar de Uyuni, onde uma camada de água e sal no solo é capaz de espelhar o céu (Foto: Site Bolivia Revealed)
uyuni
O deserto mais seco do mundo, e considerado também o mais espetacular de todos. No Atacama tem vulcão, salares, lagoas, formações rochosas e um céu carregado de estrelas como você nunca viu. E o melhor, este “outro planeta” está aqui, do lado de casa. Uma viagem curta, possível de se fazer em qualquer época do ano.

A advogada baiana Anne Brito, mora em Vitória, e desde 2015, segue com o namorado Caio Milanezi em uma aventura no blog Vem Mundar. E a proposta deles é exatamente a nossa: desbravar o mundo com viagens incríveis.

Anne Brito, em entrevista à jornalista Luciana Maciel, explica que para se chegar ao Atacama não há voo direto, por isso é preciso pousar no aeroporto mais próximo em Calama.

“Do Brasil para Calama, tem voo direto. Mas você pode aproveitar para fazer uma parada em Santiago, em conhecer a capital chilena. Em uma segunda opção, vale a pena pesquisas os voos internos de Santiago para São Pedro em companhias chilenas. De Calamas a São Pedro, a distância é de cerca de 100 km, o que demora cerca de 1 hora e meia ou duas para fazer o trajeto”, recomenda.

É possível visitar o Atacama o ano inteiro. Independente da época, é preciso se vestir em camadas. Por causa da altitude, passa-se do extremo frio para o calor no mesmo passeio. Tem o frio que o brasileiro gosta, de até 10 graus, e tem o que não conhecemos, por isso é importante ir bem preparado. Nós escolhemos ir na primavera, mesmo assim pegamos um frio de 10 graus negativos.

Ver o céu no chão. Esta é uma experiência que só o Atacama pode oferecer. Ane Brito explica a sensação de presenciar o chamado “espelho” no Salar de Uyuni, na Bolívia.

“Se buscar no Google, as imagens do salar vão mostrar um espelho que reflete o céu, rendendo uma visão incrível, é muito bonito. Mas essa visão só acontece no período de chuva, que é a alta estação por lá, já que a maioria das pessoas vai buscar esse fenômeno. E essas chuvas acontecem em janeiro. O problema é que corre o risco de chover demais e não ser possível realizar os passeios. Nós vimos o salar sem esse alagamento e foi ótimo. Conhecê-lo alagado ainda é um sonho a ser realizado”, vislumbra.

Aclimatação

Anne Brito afirma que os guias explicam tudo sobre a aclimatação e a mudança de altitude, inclusive os limites que cada viajante deve ter com seu próprio corpo para não sofrer demais as consequência do ar rarefeito das alturas.

“Dentro de um mesmo passeio você passará pela variação de altitude. As agências normalmente organizam a forma com que você vá conseguindo aclimatar. Um dos primeiros passeios é o Vale da Lua. Um local com a aparência de como se estivesse em solo lunar", descreve.

Top 3 passeios

A baiana Anne Brito dá dicas de três lugares na região do Deserto do Atacama que não podem deixar de ser visitados.

1º Pedras Rojas

“Um passeio incrível. Não se recomenda fazer em carro alugado, pois é um pouco complicado. Um passeio com lagunas altiplânicas, são visões que dificilmente se tem aqui no Brasil, uma paisagem incrível. É absurdo, parece que se está dentro de uma obra de arte. É um passeio de um dia inteiro e tem uma variação de altitude muito grande em um mesmo passeio”.

2º Lagunas Escondidas

“Relativamente próximo a São Pedro. Normalmente é feito na parte da tarde e poucas agências oferecem. Não é muito badalado entre os blogs, não são todos que falam desse passeio, mas vale muito a pena mesmo. Tudo muito bonito, bem diferente do que a gentes está acostumado a ver. São sete lagunas, um azul surreal. Você pode se banhar, e é uma experiência única porque é semelhante à ideia do Mar Morto, você não afunda”.

3º Tour Astronômico

“O recomendável é fazer quando Lua estiver nova, porque não ofusca as estrelas, você consegue ver uma quantidade maior de estrelas. Não fazem mais o passeio quando a Lua está cheia. Lugar excelente para apreciar as estrelas, tem até base da Nasa lá. É muito bacana”.

Explore mais o deserto do Atacama ouvindo a entrevista na íntegra

Acompanhe todas as aventuras do Super Destinos acessando o blog da jornalista Luciana Maciel no Portal 730.