bolsoO Partido Social Liberal (PSL) está com atividades suspensas decisão do juiz Jesus Crisóstomo de Almeida, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por conta da não prestação de contas referentes ao ano de 2015. O Partido Social Liberal (PSL) está com atividades suspensas decisão do juiz Jesus Crisóstomo de Almeida, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por conta da não prestação de contas referentes ao ano de 2015. 

A falha foi cometida pela gestão anterior da sigla, que ainda era comandada à época por Benitez Calil, mas as consequência serão arcadas pela atual direção, que tem o deputado federal delegado Waldir Soares como comandante em Goiás e o pré-candidato à presidência da República, deputado federal Jair Bolsonaro, no posto nacional. 

A decisão impede o recebimento de quaisquer recursos provenientes do fundo eleitoral ou partidário “até que cesse a inadimplência”. O partido ainda tem suspensa a própria anotação da direção regional em Goiás, o que impede a realização de qualquer atividade política de forma oficial, mesmo as de preparação para a campanha. 

“O órgão partidário fica obrigado a devolver integralmente todos os recursos provenientes do fundo partidário que lhe for entregue, distribuído ou repassado”, conclui o juiz.

Siga: @RubensSalomao

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação