Sagres A Caminho da Copa

A Aparecidense segue embalando no Goianão 2018. Após a grande vitória sobre o Atlético em pleno Olímpico, o Camaleão recebeu o Iporá no Aníbal Batista de Toledo na tarde deste sábado (27). Com gols de Nonato e Alex Henrique, o time de Márcio Azevedo saiu vitorioso da partida. Para o Iporá, Elias balançou as redes.

Classificação

Grupo A
2º Iporá – 5 pontos

Grupo B
2º Aparecidense – 7 pontos

1º tempo

No primeiro tivemos dois lances polêmicos, e os dois resultaram em penalidades. No primeiro lance, aos 19 minutos, Rafael Cruz saiu sozinho com o goleiro Clériston, que deslocou o lateral. Nonato foi para a cobrança e convertei para a Aparecidense. O segundo lance, aos 47 minutos, envolveu o autor do primeiro gol do jogo. Nonato derrubou Elias na área. O próprio meia cobrou e empatou a partida.

2º tempo

Assim como na vitória sobre o Atlético, Márcio Azevedo sacou Nonato e Gustavo, para as entradas de Cristian e Alex Henrique. A torcida chegou a vaiar o treinador pela mudança. Porém aos  19 minutos o lateral-esquerdo Hélder cruzou na área, e o meia Alex Henrique marcou de cabeça, ampliando o placar para o Camaleão. Ponto para Márcio, que mais uma vez decidiu o jogo em suas substituições.

Próximos jogos

Quarta-feira (31/01)

16h30: Iporá x Itumbiara – Estádio Ferreirão
20h30: Anapolina x Aparecidense – Estádio Jonas Duarte

Ficha técnica

Jogo: Aparecidense x Iporá
Estádio: Aníbal Batista de Toledo
Cidade: Aparecida de Goiânia
Data: 27/01/2018 (sábado)
Horário: 17 horas

Árbitro: Anderson Gonçalves
Assistente  1: Cristhian Passos
Assistente 2: Hederson Leão
Árbitro: Amarildo Ferreira

Renda: R$ 4.530,00
Público: 273 pagantes 

Gols: Nonato (pênalti) aos 20’ do 1º tempo e Alex Henrique aos 19’ do 2º tempo para a Aparecidense; Para o Iporá, Elias (também de pênalti) aos 47’ do 1º tempo.

apa x ipoAparecidense: Busatto; Rafael Cruz, Filipi Costa, Mirita e Helder; Uederson, Wagner, Washington e Cristian (Alex Henrique); Aleilson (Pedro Henrique) e Nonato (Nonato). Técnico: Márcio Azevedo

Iporá: Clériston; André Krobel, Helder, Diego Rosa e Danilo Ribeiro (Flávio Meneses); Bosco, Júnior Capixaba, Adrian, Rodrigo Alves e Elias; Júnior Brandão (Leandro Aguiar). Técnico: Everton Goiano