reino alves deixa rio verde
Reino Alves relata problemas e não é mais diretor do Rio Verde (Foto: Arthur MAgalhães / Portal 730)

O Campeonato Goiano ainda não completou nem um mês de sua estreia e o Rio Verde já tem a sua segunda troca de treinador. Após Jorge Luís pedir demissão na quinta rodada, o substituto do ex-treinador, Júnio Pezão, também pediu o desligamento do Verdão do Sudoeste depois de comandar o time em apenas uma partida. Também neste domingo (11), o diretor de futebol do clube, Reino Alves, deixou o cargo. Segundo ele, o clube passa por sérios problemas financeiros.

“Conversando com o Pezão neste domingo (11) ele me pediu desculpas e o desligamento do clube porque viu a bagunça que está o Rio Verde. Restaurante sem pagar, não tem comida para os jogadores, hotel bagunçado, o dono do hotel querendo colocar os jogadores para fora, salários atrasados, jogadores de greve sem querer treinar e por conta disso eu resolvi me afastar e não sou mais o diretor de futebol do Rio Verde”, afirmou Reino.

Júnior Pezão chegou ao Rio Verde no início da última semana e comandou o time na derrota para o Anápolis, em casa, no último sábado (10) por 2 a 0. Mas, de acordo com o treinador, ele não deixou o clube única e exclusivamente pela derrota.

“Pedi demissão por questões internas do clube que são decorrentes desde o ano passado (...) Me falaram uma coisa, eu cheguei lá era outra e isso deixa inviável. Eu construi meu nome no futebol goiano com trabalho, honestidade e pra mim ficou insustentável quando eu fiquei sabendo de tudo o que estava acontecendo. Se fosse só a questão das derrotas, tinha uma probabilidade muito grande de eu ficar, mas a coisa é mais séria do que eu imaginava e por isso achei por bem sair”, explicou Pezão.

junior pezao pede demissao rio verde
Júnior Pezão comandou o Rio Verde em apenas uma partida (Foto: Reprodução)

O Rio Verde é o lanterna do Goianão com apenas quatro pontos conquistados em sete partidas. O time venceu apenas um jogo, perdeu cinco e empatou outro. Na próxima rodada enfrenta o Itumbiara, no Estádio JK, quarta-feira (14), às 20h30; Contudo, Reino Alves não garante que o Verdão do Sudoeste irá terminar a competição.

“Para falar a verdade, eu acho muito difícil. Vai precisar de uma força de vontade muito grande da presidência (Wolney Marques) e de quem está ficando, mas é uma missão difícil terminar a competição hoje”, comenta o ex-diretor.

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação