Foto: Rosiron Rodrigues/GEC
marcelo rangel rosiron
Mandante, com apenas sua torcida no estádio e tendo estreado com o “pé direito” no Goianão, o Goiás entrou em campo neste domingo (21) contra o Vila Nova como o favorito a conquistar os três pontos e o time até esboçou uma superioridade no primeiro tempo ao criar boas oportunidades no início da partida. Porém, quem se deu a melhor foi o rival Vila Nova que foi melhor no segundo tempo e, com gol de Geovane, acabou levando a melhor.

Talvez o grande destaque do Goiás no jogo tenha sido, mais uma vez, o goleiro Marcelo Rangel que fez três belas defesas que impediram o Vila Nova de ampliar o marcador. Apesar de ter sido melhor nos primeiros 45 minutos, o camisa 1 do Verde acredita que o time teve um desempenho bem abaixo  do esperado no segundo tempo.

“Hoje nós tivemos esse mesmo brio no primeiro tempo. A meu ver, jogamos bem a primeira etapa e infelizmente demoramos um pouco para nos ajustarmos no segundo tempo e nesse período que nos desligamos, acabamos tomando o gol. São detalhes que nós temos que melhorar para não acontecer novamente. Agora é ver as coisas boas, são lições que temos que tirar para que a gente possa melhorar. Começo de temporada é um pouco complicado em todos os aspectos e nós temos que nos aperfeiçoar o mais rápido possível para crescer no campeonato”, explica.

Na visão de Rangel, o Goiás precisa focar já na partida de quarta-feira (24) contra o Anápolis na Serrinha para não perder tempo e já buscar uma reação imediata dentro do Goianão. “O que a gente mais queria hoje, por se tratar de um clássico contra o nosso maior rival era a vitória. Infelizmente não aconteceu, mas é erguer a cabeça porque quarta-feira tem mais um jogo e nós precisamos pontuar pelo campeonato ser muito curto. A gente tem metas dentro do estadual e a primeira é classificar o mais rápido possível para as semifinais”, afirma o goleiro.

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação