O técnico Hélio dos Anjos foi julgado na tarde da última sexta-feira (26) por conta da expulsão na primeira rodada do Campeonato Goiano, quando o Goiás venceu a Aparecidense por 2 a 1 no Estádio Anníbal Batista de Toledo. Na ocasião, o árbitro da partida, Eduardo Tomaz, relatou na súmula que o treinador proferiu xingamentos ao quarteto de arbitragem. Relembre o caso!

whatsapp image 2018 01 27 at 14.04.34(Foto:Rosiron Rodrigues/GEC)

O Tribunal de Justiça Desportiva de Goiás (TJD/GO) julgou Hélio dos Anjos nos artigos 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e o treinador esmeraldino foi punido com quatro jogos de suspensão. O departamento jurídico do Goiás entrou com recurso e com pedido de efeito suspensivo até o recurso ser julgado. Hélio então não comandará o time diante do Itumbiara neste domingo (28), no Estádio JK.

O recurso pedido pelo advogado do Goiás, Dr. João Vicente, será julgado apenas no dia seis ou sete de fevereiro e, por isso, Hélio dos Anjos poderá comandar o Goiás na quinta rodada contra o Grêmio Anápolis na Serrinha no dia 31 de janeiro e também na abertura do segundo turno, clássico contra o Vila Nova no dia três de fevereiro.

Portanto, os outros dois possíveis jogos de suspensão de Hélio dos Anjos (se o recurso não for aceito) serão:

Goiás x Aparecidense – 10/02 (sábado)
Estádio Hailé Pinheiro - (16h00)

Anápolis x Goiás – 14/02 (quarta-feira)
Estádio Jonas Duarte - (21h45)