for

Foto: Fortaleza Esporte Clube/Divulgação

Fora de casa, o Goiás não conseguiu segurar o Fortaleza e acabou perdendo por 3 a 0 para o tricolor na Arena Castelão na noite deste sábado (12), pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro Série B, na estreia do técnico Ney Franco. Apesar da supremacia tricolor, os gols da equipe comandada por Rogério Ceni saíram somente no segundo tempo. No entanto, desde o início o Leão ditou o ritmo da partida. Logo com um minuto de jogo na etapa complementar, o zagueiro Ligger abriu o placar para os anfitriões. Gustavo ampliou aos 18' e Dodô fechou a conta aos 44'.

Com o resultado, o Goiás segue sem vencer na competição e fica estacionado com um pontinho no Z-4. Já o Fortaleza dorme na liderança com 13 pontos e aguarda o resultado da partida entre Vila Nova e Ponte Preta neste domingo (13), às 16h, no Estádio Serra Dourada.

O jogo

Assim como nas partidas anteriores, ainda sob o comando de Hélio dos Anjos, o Goiás parecia acuado em campo, mesmo com o esquema 4-4-2. Sem a agilidade de Maranhão, contundido, o Verdão ficou na dependência de boas jogadas nos pés de Carlos Eduardo que, quando aconteceram, pararam nas mãos de Marcelo Boeck, que pouco trabalhou no jogo. Já o outro Marcelo, o Rangel, este sim foi bastante exigido e garantiu a igualdade sem gols na etapa inicial.

No segundo tempo, o Fortaleza começou atropelando. Logo no primeiro minuto, após cobrança de falta pela direita, o zagueiro Ligger subiu mais alto e abriu o placar para o Leão, marcando o primeiro dele com a camisa tricolor. O Goiás continuou com pouca posse de bola, mesmo com as mudanças feitas por Ney Franco, que apostou em Rafinha e Michael, nos lugares de Tiago Luís e Lucão, respectivamente. Antes, o técnico foi obrigado a sacar Gilberto Junior, que saiu sentindo dores, para a entrada de Pedro Bambu.

Aos 18 minutos, o Fortaleza ampliou com Gustavo, o "Gustagol", que testou livre após cobrança de escanteio.Depois disso, o Goiás parecia não ter se abalado, e teve boa chance com Carlos Eduardo, aos 36', mas o chute rasteiro parou em bela defesa de Boeck. Foi a melhor oportunidade do esmeraldino na partida. Aos 44', os donos da casa sacramentaram a quarta derrota alviverde, com tento de Dodô, após bela jogada de Igor e Marlon pela direita. A bola entrou rasteira, no cantinho esquerdo de Rangel. 

Próximas rodadas

Depois de estar com a delegação em Porto Alegre na quarta-feira (9) e em Fortaleza no final de semana, o técnico Ney Franco finalmente irá para Goiânia, onde permanecerá pelas próximas três rodadas do Brasileirão. O Goiás receberá o Guarani na sexta-feira (18), às 19h15, e na etapa seguinte o Boa Esporte-MG, no sábado (26), às 16h30. Sete dias depois, fará o clássico contra o Atlético, no dia 2 de julho, também às 16h30. O Fortaleza irá a Florianópolis enfrentar o Figueirense na sexta (18), às 21h30, no Orlando Scarpelli.

Ouça os gols do jogo na voz de Ronair Mendes

Jogo: Fortaleza 3 x 0 Goiás

Local: Estádio Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Horário: 19h, horário de Brasília.

Gols

Fortaleza: Ligger (1’ 2T), Gustavo (18’ 2T) e Dodô (44’ 2T).

Cartões amarelos

Goiás: Alex Silva (18’ 1T) e Eduardo Brock (13’ 2T).

Público

Pagantes: 31.582.

Presentes: 32.558.

Renda: R$ 439.643,00.

As equipes

Fortaleza

Marcelo Boeck, Tinga, Diego Jussani, Ligger, Bruno Melo, Jean Patrick (Felipe), Derley (Igor Henrique), Edinho, Dodô, Osvaldo (Marlon) e Gustavo Henrique. Técnico: Rogério Ceni.

Suplentes: Matheus Inácio, Felipe, Roger Carvalho, Adalberto, Leonan, Igor Henrique, Pablo, João Henrique, Marlon, Wallace, Wesley e Wilson.

Goiás

Marcelo Rangel, Alex Silva, David Duarte, Eduardo Brock, Madison, Breno, Carlos Eduardo, Gilberto Jr. (Pedro Bambu), Lucão (Michael), Giovanni e Tiago Luís (Rafinha). Técnico: Ney Franco.

Suplentes: Marcos, Raphael Silva, André Kroebel, João Afonso, Jefferson, Rafinha, Jacó, Michael, Robson, Pedro Bambu e Renato Cajá.

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação