renatocaja

(Foto: Rosiron Rodrigues)

O meia Renato Cajá nem estreou pelo Goiás, e de fora, fez uma observação sobre o esquema tático do Goiás utilizado no Campeonato Brasileiro.

“Nossa parte tática está pífia. Os números mostram isso e agora temos que consertar. Os adversários engolem a gente e não temos demonstrado foças para responder”, disse  o meia na entrevista coletiva da última terça- feira (15).

Quanto ao que deve ser feito para melhorar o time e arrancar na Série B, Renato Cajá, também deu sua opinião.

“Temos que abraçar o que for proposto pelo Ney Franco, especialmente na estratégia. Devemos mostrar mais força, marcar mais em cima e esquecer o que passou”, declarou.

Perguntado sobre de quem é a culpa do esquema tático do Goiás não funcionar, Cajá se esquivou.

“Quem sou eu prá julgar. Estou aqui há 20 dias apenas e sei o que devemos fazer para melhorar”.

O meia pode ser titular na próxima sexta – feira (18) contra o Guarani, às 19:15, no estádio Serra Dourada. Com quatro passagens pela Ponte Preta, principal adversário do Bugre, Cajá fez questão de lembrar que tem um bom retrospecto.

“Mais venci do que perdi e sempre fiz boas apresentações” concluiu. 

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação