Sagres A Caminho da Copa

hemerson maria vila nova

Em muito pouco tempo, o Vila Nova perdeu uma série de jogadores importantes da temporada 2017. Sem acordo financeiro e com propostas melhores de outros clubes, atletas como o goleiro Luis Carlos, os zagueiros Alemão e Wesley Matos, o volante PH e o meia Alan Mineiro, deixaram o Vila Nova e obrigaram a diretoria á buscar reforços para recomposição visando a temporada 2018.

Em entrevista exclusiva á RÁDIO 730, o técnico Hemerson Maria, que ficará no comando do clube para a próxima temporada, falou sobre essas perdas importantes do elenco colorado, mas acredita que o Vila Nova conseguirá achar novas boas peças para recompor essas saídas.

- São grandes jogadores que saíram, mas ninguém é insubstituível. São jogadores que fizeram sua história no Vila Nova, que acrescentaram bastante. Torço muito para que tenham sucesso nas equipes que eles vão defender, mas agora com os jogadores que vão chegar, nós vamos ter que recepciona-los  da melhor maneira possível. Eu acredito muito no trabalho da preparação física, do departamento de fisioterapia. O Vila Nova na Série B talvez foi o clube com o menor índice de lesão. Tem pessoas na área técnica que vão desenvolver esses jogadores que estão chegando também.  Com o decorrer do tempo, eu acho que possamos fazer boas reposições sim e fazer com que o Vila Nova tenha um rendimento técnico positivo em todas as competições que iremos disputar em 2018.

Até o momento, o Vila Nova renovou o contrato apenas com o lateral Gastón Filgueira, por duas temporadas. Outro jogador que pode renovar é o volante Fágner. Com boa parte dos titulares saindo, o clube segue no mercado em busca de reforços. Até o momento, o Vila anunciou as contratações do zagueiro Diego Giaretta, do meia Sérgio Mota e dos atacantes Reis e Ramon.