Uma pausa no Campeonato Goiano para pensar agora na Copa do Brasil. Líder de seu grupo no estadual, o Vila Nova entra em campo nesta quarta-feira (7) para fazer sua estreia na competição nacional contra o São Raimundo, em Boa Vista, às 22h30 (horário de Brasília), precisando de um empate para passar de fase. Se conseguir classificar, o Tigre arrecada mais 600 mil reais.

“Este jogo representa muita coisa. Sabemos que financeiramente para o clube é um dinheiro a mais que entra e para nós é uma responsabilidade muito grande jogar lá. O Hemerson já nos deixou cientes, já nos mostrou imagens do que vamos encontrar lá, por isso estamos preparados”, afirma o volante Fágner.

fagner volante vila nova
(Foto: Douglas Monteiro/VNFC)

Como geralmente acontece na primeira fase, o time goiano vai enfrentar uma equipe sem grande expressão no futebol nacional. O São Raimundo, adversário desta quarta-feira, vai para a sua sexta participação em Copa do Brasil e vem de derrota para o Rio Branco-AC pela Copa Verde. Por encarar um time pouco conhecido, Fágner acredita que encontrará dificuldade em Roraima.

“Vai ser um cenário de campo pequeno, apertado, jogo muito truncado e de questão física. Será difícil tocar a bola, já que o gramado não é muito bom, além da pressão da torcida. É este cenário que vamos enfrentar, mas estamos cientes e preparados”, explica.

Para voltar com a classificação para Goiânia, o Vila Nova precisará apenas de um empate, como garante o regulamento da CBF aos times melhores ranqueados. Contudo, Fágner garante que o Tigre jogará para vencer.  “Vamos com intuito de buscar o resultado que é a classificação, vamos jogar para vencer. Logicamente que se precisar empatar, a gente tem que saber usar o regulamento. Temos que jogar do mesmo jeito que estamos jogando no estadual”.

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação