hemerson

O técnico Hemerson Maria (Foto: Douglas Monteiro)

O técnico do Vila Nova Hemerson Maria concedeu entrevista coletiva hoje (13) logo após o empate em 0 a 0 com a Ponte Preta no Estádio Serra Dourada, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro Série B. De acordo com o treinador colorado, a equipe não se acomodou e procurou buscar a vitória ao longo dos 90 minutos.

“Não estamos acomodados com este bom início. O torcedor jogou junto e entendeu o modelo de jogo. Se fossemos com muita sede ao pote, poderíamos tomar um contra-golpe e poderíamos estar lamentando uma derrota agora. Jogamos para vencer, do começo ao fim, mas de uma maneira equilibrada”, argumenta.

O técnico do Vila Nova explica porque resolveu colocar Joãozinho pelo lado direito, no lugar de Mateus Anderson, em vez de Vinícius Leite. “O Vinícius Leite talvez fosse o substituto do Reis, caso este saísse. Preferi colocar o Joãozinho, que vem treinando bastante, e mereceu essa oportunidade hoje”, afirma.  

Ainda de acordo com Hemerson Maria, a primeira meta da equipe é chegar aos 45 pontos, para evitar qualquer possibilidade de rebaixamento. “Não estamos aqui para vender ilusões. Eu seria totalmente irresponsável se eu dissesse que o Vila Nova é candidato a título. Temos 13 pontos, na coliderança com o Fortaleza, e estamos buscando a melhor colocação possível. Vamos buscar o sol, se continuarmos com essa regularidade, ela pode nos dar o acesso e, consequentemente, o título”, avalia.

Mateus Anderson

O meia-atacante colorado saiu de maca na partida deste domingo (13), após lance com Paulinho, da Ponte Preta, que acabou caindo sobre o joelho esquerdo do camisa 7 do Tigrão. “Temos que esperar as 24 horas. O médico vai avaliá-lo amanhã (14) no OBA, e vamos ver se essa lesão regride ou tem progressão”, conclui o treinador.

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação