guterresonu

Chefe da ONU, António Guterres. (Foto: ONU/Eskinder Debebe)

O secretário-geral condenou os ataques terroristas deste domingo contra fiéis de três igrejas em Surabaya, na Indonésia.

Em nota, emitida pelo seu porta-voz, António Guterres expressa “choque” com os relatos de uso de crianças nessas ações. 

Ataque mais fatal

Agências de notícias informaram que pelo menos 13 pessoas perderam a vida e outras dezenas ficaram feridas no ataque considerado o mais fatal desde 2005 no país.

De acordo com as agências, uma mãe e duas filhas se fizeram explodir numa das igrejas. O pai e outros dois filhos atacaram casas de culto, nas ações que teriam sido reivindicadas pelo grupo terrorista Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil. 

Recuperação

O chefe da ONU enviou condolências às famílias das vítimas e desejou uma rápida recuperação aos feridos. 

Guterres encerra a nota reiterando o “apoio das Nações Unidas ao Governo e ao povo da Indonésia nos esforços para combater e prevenir o terrorismo e o extremismo violento, que incluem a promoção do pluralismo, da moderação e da tolerância”. 

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação