Foto: Divulgação
precidenvia
Principal bandeira do governo Michel Temer (PMDB), a Reforma da Previdência tem sido discutida de forma incansável para aprovação no Congresso Nacional.

Ao mesmo tempo, várias frentes trabalham para convencer os congressistas a não aprovarem as modificações pretendidas pelo governo federal. A coordenadora técnica do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Leila Brito, diz que a reforma vai desmontar o sistema público de previdência.

Para a coordenadora, as modificações na previdência social reduzirão a renda, o consumo e o investimento no país.

Leila faz ainda uma profecia catastrófica. Segundo ela, o desmonte da previdência social pode criar uma geração de idosos mendigos.

A Reforma da Previdência tramita na Câmara dos Deputados. O governo federal tinha a intenção de aprová-la ainda neste primeiro semestre. No entanto, após a bomba da delação da JBS, até mesmo os aliados do presidente Michel Temer acreditam que a aprovação vai levar mais tempo.

Com informações do repórter Gerliézer Paulo

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação