Foto: Reprodução/Internet
homemrural
O seguro rural é uma forma dos produtores garantirem a segurança das lavouras em casos de acidentes. O principal fator de risco para a produção rural é o clima. Ao contratar uma apólice de seguro rural, o produtor pode minimizar as perdas ao recuperar o capital investido na plantação.

O técnico da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), Pedro Arantes, concedeu entrevista exclusiva à Rádio 730 sobre este assunto no programa Cidadania em Destaque desta terça-feira (28). Ele explica que a atividade rural, atualmente, é uma das que mais corre risco no país.

“A atividade rural é uma das de maior risco hoje na atividade econômica, e também uma das que está mais descoberta em relação a seguro. Antes de plantar, ele (produtor) pode recorrer a esta apólice de seguro, junto a qualquer seguradora, já há 10 credenciadas, para operar no seguro rural. O problema é que, devido ao alto risco, também é muito caro”, relata.

Em dezembro de 2003, o governo federal sancionou a Lei nº 10.823, que garante a subvenção econômica ao prêmio do seguro rural. No entanto, segundo Arantes, além do clima, outro fator tem dificultado o acesso a esta modalidade.

“Como em todos os setores do governo hoje, a falta de recursos para subvencionar essa parte dele. Com isso fica caro. O produtor só acaba fazendo em alguns casos, em que há um risco muito acentuado, como é na região Sul. No Centro-Oeste, onde o risco é menor, torna-se mais caro para o produtor essa contratação. É preciso avançar”, ressalta.

A divisão é feita conforme a participação de mercado de cada cultura na contratação de seguro rural. Por exemplo, se a média das contratações de seguro para o trigo representar 30% do que foi gasto com seguro rural no país, a parcela para o seguro rural do cereal tende a ser pelo menos 30% do orçamento disponível para o ano vigente.

Saiba mais. Ouça a entrevista na íntegra

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação