Sagres A Caminho da Copa

Diretor-geral da Renapsi, Juan Carlos Moreno (Foto: Rubens Salomão/Portal 730)
juan
O diretor-geral da Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi), Juan Carlos Moreno, contou ao repórter Rubens Salomão, durante o 2º Encontro do Programa Jovem Cidadão, que acontece na tarde desta quarta-feira (22), em Goiânia, que também foi um jovem aprendiz.

“Também fui jovem aprendiz, na Suíça, em um programa de 4 anos iniciado pelo governo suíço. Para mim é muito especial estar aqui, sobretudo porque a Renapsi está apoiando o maior programa de aprendizagem que existe. Gostaria de agradecer a todos por sermos uma referência nacional”, relata.

No Brasil, de acordo com a secretária Lêda Borges, são investidos anualmente R$ 50 milhões por meio da Renapsi no Programa Jovem Aprendiz, que capacita jovens em situação de vulnerabilidade social no mercado de trabalho, além da iniciação ao empreendedorismo.

Juan Carlos Moreno enumera algumas das competências desenvolvidas junto aos jovens para que se aprimorem e busquem a melhor posição no mercado de trabalho.

“A experiência do Jovem Cidadão tem se mostrado uma âncora muito importante para o jovens no mercado de trabalho. Preparação da voz, da fala, para o mercado de trabalho. Entre as competências: comunicação, trabalho em equipe, conhecimento e resolver problemas”, pondera.

Cerca de 4 mil jovens participam na tarde desta quarta-feira (22) do 2º Encontro do Programa Jovem Cidadão, no Ginásio Goiânia Arena.