mpahoje

O professor Sillas França Lima, o jovem aprendiz Guilherme Bertoldi, e a analista da Renapsi, Wanessa de Oliveira Correia (Fotos: Letícia Martins/Sagres On)

Além de encaminhar o jovem para o marcado de trabalho, a Rede Pró-Aprendiz busca a interação entre o jovem, a família e a instituição. Nesta quarta-feira (28), o instrutor da Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi), Sillas França Lima, analista de desenvolvimento humano e organizacional da Renapsi, Wanessa de Oliveira Correia, e o jovem aprendiz Guilherme Bertoldi, de 16 anos.

Bertoldi, que está há pouco mais de uma semana no projeto, diz que está ansioso para exercer o primeiro trabalho junto ao Fórum de Aparecida de Goiânia, já na segunda-feira (2), e que viu nos amigos o exemplo para se tornar um jovem aprendiz de sucesso.

“Foram muitos amigos meus que já passaram por aqui e, quando chegaram aos 18 anos, não tiveram problema algum em conseguir um primeiro emprego bom e fixo. Eu vi isso como uma porta, para que, quando eu tiver os meus 18 anos, eu conseguir um bom emprego e um futuro garantido”, ressalta.

Ouça o Momento Pró-Aprendiz desta semana, na íntegra

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação