basilel franca(Foto: Reprodução /  Segplan)

Professores do Curso Superior Tecnológico em Produção Cênica Da Escola de Artes de Goiás, Basileu França, ameaçam paralisar as atividades no instituto, caso os salários do mês de março não sejam pagos. Os professores reivindicam ainda que seja estabelecido um calendário fixo para os pagamentos.

A professora Cássia Fernandes, destaca que os atrasos são recorrentes e os profissionais ainda não receberam nem o vale-transporte.

“Estamos enfrentando atrasos recorrentes de salário, então nós já chegamos a receber atrasos de quase um mês, de 19 dias, como foi no começo do ano, que a gente dó foi receber em janeiro o salário de dezembro”.

De acordo com Cássia Fernandes, as paralisações estão ocorrendo por área, mas caso o pagamento não seja regularizado, todas às atividades na escola podem ser suspensas.

Por meio de documento, os professores reivindicam que seja estabelecida uma data para que o pagamento dos salários sejam efetuados, e também solicitam esclarecimento a respeito da situação legal da Escola de Arte Basileu França, devido a uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público de Goiás, alegando irregularidades na OS que administra o instituto.

Em nota, a Secretaria de Desenvolvimento de Goiás (SED) informou que os salários já foram pagos. O órgão afirmou ainda que está se empenhando para que atrasos não aconteçam nos próximos meses.

 

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação