Foto: Johann Germano/Portal 730
goianias
A Secretaria do Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades, e Assuntos Metropolitanos (Secima) apresentou em uma audiência pública realizada na Assembleia Legislativa o diagnóstico da região Metropolitana de Goiânia feito pela Universidade Federal de Goiás.  Esta foi mais uma etapa do projeto de criação de um plano diretor para a região, que tramita na casa.

A diretoria de Estudos Socioambientais da Universidade Federal de Goiás, Cilene Cunha, aponta qual foi razão do diagnóstico.

Cunha aponta que existem potencialidades como o transporte urbano integrado e a rede viária integrada e fragilidades como a escassez de recursos hídricos e área urbana muito vasta.

O titular da Secima, Vilmar Rocha, revela quais serão os próximos passos.

Um debate quente no projeto é a interferência do Estado em áreas de competência dos municípios. O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, vereador Andrey Azeredo, ressalta que o plano deve apenas estabelecer metas, com as execuções ficando para as cidades.

O ex-prefeito de Curitiba e o atual superintendente da Região Metropolitana de Florianópolis, Cássio Taniguchi, foi o principal palestrante do encontro.

Do repórter Gerliézer Paulo

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação