Foto: Reprodução/ Internet
assembleia5
A Assembleia Legislativa instalou a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar denúncias de formação de cartel e cobrança de preços abusivos na venda de combustíveis em Goiás. Os cinco membros titulares já agendaram para a tarde de hoje a primeira reunião, em que serão confirmados Santana Gomes (PSL), como presidente, e Lissauer Vieira (PSB), como relator.

Autor do pedido de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a alta do preço da gasolina e do etanol nos postos de combustíveis de Goiânia, o deputado estadual Santana Gomes (PSL) foi quem encaminhou os nomes dos titulares e suplentes que participarão da comissão, que também tem como membros titulares os deputados: Henrique Arantes (PTB), Luis Cesar Bueno (PT) e Lívio Luciano (PMDB).

Os suplentes são: Simeyzon Silveira (PSC), Sérgio Bravo (Pros), Henrique César (PSDB), Humberto Aidar (PT) e Wagner Siqueira (PMDB).

Santana Gomes afirma em entrevista à Rádio 730 que o trabalho deve ser rápido e finalizado até o fim das sessões ordinárias da Assembleia, em dezembro.

O relator da CPI dos Combustíveis explica qual pode ser a contribuição dos deputados para uma questão que já é investigada pelo Procon, Polícia Civil e Ministério Público.

Do repórter Rubens Salomão