Rio Vermelho (Foto: Reprodução/Whatsapp)
riovermelho
Um alerta que faz moradores voltarem no tempo. Quem esteve na Cidade de Goiás em dezembro de 2001 não esquece do cenário de destruição causada pela cheia do Rio Vermelho, que corta a primeira capital do estado e é um de seus cartões postais.

O indicativo de preocupação é do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que apontou alerta laranja para o Rio Vermelho, cujo nível da água aumentou significativamente nesta quinta-feira (30), após dias consecutivos de fortes chuvas na região.

Apesar da situação da Cidade de Goiás, o alerta do Inmet vale para o estado como um todo, e podem ocorrer deslizamentos, alagamentos, queda de encostas e transbordamentos de rios, como é o caso do Rio Vermelho.

Em caso de alerta laranja, o recomendável é não enfrentar o mau tempo, desligar aparelhos elétricos, observar quaisquer alterações em encostas e procurar obter mais informações junto ao Corpo de Bombeiros, pelo número 193, e à Defesa Civil, pelo 199.

Apesar do alerta, a meteorologia prevê continuidade das chuvas no estado nesta sexta-feira (1º). O primeiro dia do mês de dezembro promete céu nublado com chuvas esparsas a qualquer hora do dia, o que inclui a Cidade de Goiás.