Foto: Portal 730
iris rezende
O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB), apontou em entrevista coletiva na última noite que a Companhia de Urbanização de Goiânia (COMURG) tem 2 mil servidores acomodados, que deveriam ser demitidos. Ele chamou estes funcionários de pilantrões, mas negou a possibilidade de realizar cortes em massa na empresa para evitar erros insanáveis.

Confira a análise de Iris Rezende sobre a situação da Comurg.

A avaliação foi feita durante inauguração da sede própria da Secretaria Municipal de Cultura. Depois de anos funcionando em imóvel alugado, a pasta agora trabalha no prédio onde antes funcionava o 8° Juizado Especial Cível, no Parque Atheneu. O prefeito valorizou a mudança.

Do repórter Rubens Salomão

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação