Foto: Reprodução/ Internet
assembleia13
Doze cidades do interior do Estado deverão receber investimentos de cerca de R$ 560 milhões com a instalação de 14 indústrias, expansão de uma e instalação de um centro de treinamento em tecnologias minerais. Dos 16 protocolos de intenção, 10 foram assinados ontem em solenidade no Palácio Pedro Ludovico Teixeira e outros seis serão formalizados hoje. O maior investimento anunciado, de R$ 160 milhões, é da montadora chinesa de automóveis JAC Motors, em Itumbiara, no local antes ocupado pela japonesa Suzuki, que transferiu sua linha de montagem para o complexo produtivo da Mitsubishi, em Catalão.

De acordo com o protocolo assinado, a empresa deverá gerar 120 empregos diretos e 680 indiretos. De acordo com o presidente da JAC Motors Brasil, Sergio Habib, a planta terá capacidade para produzir 35 mil unidades por ano. O cronograma da empresa tem previsão de início de produção na unidade de Itumbiara dentro de 24 meses e incluirá dois SUVs: o T40 e um novo modelo, ainda sob sigilo de fábrica.

Ao todo, as empresas que assinam os protocolos devem gerar, juntas, mais de 9 mil empregos, entre vagas diretas e indiretas. O governador, Marconi Perillo (PSDB), destacou o crescimento de Goiás no setor industrial em comparação com o cenário nacional.

O secretário estadual da Fazenda, João Furtado Neto, fez um balanço do ano fiscal em Goiás e destacou a importância da convalidação dos incentivos fiscais, aprovada na última sexta-feira pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), para a instalação de novas indústrias no estado.

O segundo maior investimento previsto, depois da JAC Motors, é o da Usina Sozo Renewable Brasil Ltda., da área química, no município de Palmeiras, com valor estimado de R$ 120 milhões. O terceiro será o da Jataí Agroindústria de Biocombustível, em Jataí, com proposta de investir R$ 112,05 milhões. Os que mais devem gerar empregos diretos são Boa Vista Alimentos, em Firminópolis, com 400 vagas; Frigol, em Cachoeira Alta, com 350 postos de trabalho, e Jambeiro, em Jandaia, com 300. Os que devem criar mais vagas indiretas são Jameiro (900), Fontana (800) e JAC Motors (680). O município que receberá mais empresas é Palmeiras, com um total de quatro.

Do repórter Rubens Salomão

logo-sagres

Rua Monsenhor Celso, Quadra Área, Lote 2, s/n - Vila Santa, Aparecida de Goiânia - GO, 74912-590
Telefone: (62) 3216.0730

© Copyright 2006-2018 Sistema Sagres Cerrado de Comunicação