Sagres A Caminho da Copa

Foto: PRF/Divulgação
prfd
Dois condutores embriagados e multados. Uma só motocicleta. Tudo em menos de dez minutos. Foi exatamente isso que aconteceu no final da tarde deste domingo (14), no perímetro urbano de Goiânia, na BR-153.

Tudo começou quando a Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordou o veículo pela primeira vez no km 499, sentido Serra Dourada/CEASA, com dois ocupantes. Ao solicitar a documentação do piloto, um marceneiro de 31 anos, ele informou que não tinha habilitação. O homem se recusou a fazer o teste do bafômetro.

Enquanto os agentes foram fazer as autuações para o piloto, o passageiro, um mecânico de automóveis de 22 anos, informou que era dono da motocicleta e que ambos haviam ingerido bebidas alcoólicas. Por este motivo, ele entregou a condução do veículo para o parceiro.

Os policiais então orientaram o proprietário a posicionar a motocicleta em um local seguro. Neste momento, o jovem montou no veículo e fugiu. Após acompanhamento tático por cerca de três quilômetros, ele foi abordado no km 496, próximo ao Rio Meia Ponte.

Após conferir a documentação, os agentes constataram que a carteira nacional de habilitação (CNH) era provisória, e que ele foi habilitado há pouco mais de oito meses, além disso, ele também se recusou a fazer o teste do etilômetro.

A motocicleta foi autuada duas vezes por alcoolemia com dois condutores distintos, por inabilitação do primeiro piloto, por desobediência e conduzir o veículo de chinelos para o proprietário da moto.