Sagres A Caminho da Copa

(Foto: Larissa Artiaga/ Portal 730)
transportecoletivolarissa
A reunião da Câmara Deliberativa de Transportes Coletivos (CDTC), que discutiria o aumento do preço da passagem do transporte coletivo em Goiânia e região metropolitana nesta sexta-feira (19), na sede da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), foi remarcada em razão da morte do ex-diretor CMTC, Spiro Katopodis.

Uma nova reunião foi marcada para a segunda-feira (22). Se o aumento for aprovado, o valor da passagem passará de R$ 3,70 para R$ 4,05. De acordo com a CMTC, o reajuste foi calculado com base na variação do preço dos combustíveis, na manutenção dos veículos, no aumento salarial dos trabalhadores e na inflação.

Na manhã desta sexta-feira, um grupo de aproximadamente 150 pessoas percorreu as principais ruas do centro de Goiânia, em protesto contra o aumento da passagem. Composto em sua maior parte por estudantes, o grupo já adiantou que novos protestos poderão ocorrer caso o aumento seja aprovado.