Sagres A Caminho da Copa

(Foto: Portal 730)
meirelles730
Em plena pré-campanha à presidência da República, o ministro da Fazenda Henrique Meirelles (PSD) proferiu palestra na tarde de segunda-feira (29) na sede da cooperativa financeira Sicoob UniCentro, em Goiânia. Além da perspectiva otimista na economia e dos números apresentados aos empresários e cooperados, o ministro detalhou como tem lidado com a pauta política.

Na área econômica, Henrique Meirelles afirmou que a crise já passou e que o desafio agora é viabilizar a retomada do crescimento, com geração de empregos e renda.

O ministro disse ainda que o país já voltou ao ritmo de crescimento, com a criação de novos empregos.

O Banco Central (BC) informou que as taxas de juros médias cobradas no cartão de crédito rotativo e no cheque especial, nas operações com pessoas físicas, registraram queda em 2017, mas ainda permaneceram acima da marca dos 300% ao ano. O ministro da Fazenda avaliou os números e afirmou que os juros deverão cair ainda mais neste ano.

Já na avaliação política, Meirelles apontou que a Reforma da Previdência será colocada em votação na Câmara dos Deputados em fevereiro.

Além disso, em resposta à 730, o ministro disse que foi feliz durante a campanha que o elegeu deputado federal por Goiás em 2002, pelo PSDB, e indicou que vontade não falta para ser candidato ao Planalto neste ano.

Meirelles ainda analisou a condenação em segunda instância do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o cenário político a partir de agora.

Do repórter Rubens Salomão