2

Fábio Camargo (Foto: Portal 730)

O procurador-geral de Aparecida de Goiânia e presidente do Comitê da Bacia do Meia Ponte, Fábio Camargo, concedeu uma entrevista exclusiva à Rádio 730 nesta terça-feira (13). Na entrevista, o procurador que também é presidente do diretório aparecidence do Democratas, falou sobre política e meio ambiente.

No ano passado, uma crise hídrica afetou Goiânia e região metropolitana. De acordo com a Companhia de Saneamento do Estado de Goiás (Saneago), a falta de água foi causada pela estiagem prolongada. Aparecida foi uma das cidades mais prejudicadas nesse sentido.

Ao fazer uma análise da questão ambiental, Fábio Camargo ressaltou que a previsão para o ano de 2018 não é otimista.

O procurador também fez uma análise do posicionamento do prefeito Gustavo Mendanha, em relação à crise hídrica.

Quanto à Segurança Pública, o procurador-geral de Aparecida ressaltou que a cidade, que tem um dos menores números de policiais de Goiás,  sofre com precariedade da estrutural prisional.

Em nota a assessoria de imprensa da Polícia Militar do Estado de Goiás informou que os aprovados no último concurso da PM já foram convocados e passam por treinamento, para que em breve, possam estar nas ruas. A assessoria destacou ainda que um novo concurso será realizado. A data da realização, no entanto, não foi especificada.