Sagres A Caminho da Copa

Foto: Reprodução/ Internet
mrue
Servidores de unidade de Saúde de Goiânia têm se mobilizado para tentar reverter, junto à Secretaria Municipal, alterações realizadas nas escalas de trabalho. As mudanças vão desde a duração e frequência dos turnos até os horários de entrada e saída. Em boa parte dos casos, as definições têm sido mantidas por anos e determinado a rotina nos CAIS, com aprovação em acordos internos entre servidores e coordenadores das unidades.

A secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué, confirma as mudanças em entrevista à Rádio 730 e explica porque elas têm sido realizadas.

Do repórter Rubens Salomão