Foto: Reprodução/ Internet
ato
O Movimento Negro realizou nesta sexta-feira (22) um ato de protesto em frente ao Teatro Goiânia. O grupo cobrou das autoridades explicações sobre o desaparecimento do cantor de rap, Kaique Liberato de Melo, de 17 anos, conhecido como MC Sabotinha.

A manifestação contou com a presença de familiares, músicos e amigos do MC. Segundo o senhor Jonas de Melo, pai de Sabotinha, o poder público ainda não deu uma resposta acerca do desaparecimento do cantor.

Além disso, de acordo com a coordenadora do Fórum Estadual de Mulheres Negras do Estado de Goiás, Janira Sodré, o ato também objetivou alertar autoridades sobre as mortes de jovens negros no Brasil.

O cantor Sabotinha foi visto pela última vez há aproximadamente um mês, no Setor Colinas de Homero, que fica próximo ao bairro Veiga Jardim, em Aparecida de Goiânia. As suspeitas são de que policiais tenham retirado Sabotinha de sua casa à força no dia 22 de novembro.

A Polícia Civil informou que está investigando o caso e que todas as providências necessárias serão tomadas.

Do repórter Jerônimo Junio