Sagres A Caminho da Copa

papiA Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC), por meio de nota, confirmou nesta quinta-feira (4) nomes de detentos mortos na rebelião ocorrida na última segunda-feira (1º) na Colônia Agroindustrial do Regime Semiaberto do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana.

Na nota, a SPTC confirma a identificação de Pablo Henrique Alves, Ravel Nery de Amorim, David de Oliveira Borges e Waldevir Xavier da Silva. Dois corpos continuam em tratamento de impressões digitais.

Ainda segundo a SPTC, não foi possível identificar outras três vítimas, por meio do procedimento de necropapiloscopia. Nesse caso, os métodos científicos que serão utilizados são de odontologia legal, antropologia forense e, se necessário, exames de DNA.

Na rebelião, nove detentos morreram e outros 14 ficaram feridos. Oficialmente, 242 presos conseguiram fugir e 143 foram recapturados. 99 ainda seguem foragidos.