Hexagonal Semifinal do Campeonato Goiano em 2001. Na Serrinha o Goiás tropeçava diante do Real de Itumbiara, enquanto no Serra Dourada o Vila Nova vencia a Anapolina.
Esmeraldinos e Colorados estavam confirmando suas vagas para decisão da competição.
Mas um empate entre Vila e Anapolina mudaria a história. O Tigrão mesmo com o tropeço garantiria sua vaga na decisão, porém o resultado eliminava o Goiás e classificaria a Rubra para final.
Quando alguns jogadores colorados tomaram conhecimento que o jogo do Goiás tinha terminada e que eles teriam o poder de mudar o destino, não pensaram duas vezes após ouvirem os gritos da arquibancada “entreguem o jogo”.
Donizeti e Túlio Maravilha tentaram dar uma “forcinha” para Anapolina… Não conseguiram.
Teve gente que não estava entendendo nada.
Um deles foi o goleiro Fernando Prass que recordou essa passagem um bate papo com Levir Culpi no Youtube. O ex-técnico também trabalhou no Vila e como jogador na década de 80.
Confira a boa resenha no Canal do Levir Culpi

TIGRÃO NA MEMÓRIA!Em entrevista, goleiro Fernando Prass e técnico Levir Culpi relembram passagem pelo Vila Nova.

Gepostet von Rádio Sagres am Donnerstag, 28. Mai 2020