Depois de conquistar duas vitórias seguidas fora de casa no Campeonato Brasileiro da Série A, o Atlético Goianiense ‘vira a chave’ porque na próxima quarta-feira (16) enfrenta o Fluminense no Maracanã no jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil. O time rubro-negro, inclusive, já está no Rio de Janeiro e não retornou para Goiânia desde a vitória sobre o Vasco na última quinta-feira (10).

Apesar do bom momentos com a sequência invicta de quatro partidas, o técnico Vágner Mancini tem problemas para o confronto. Ele não contará com Marlon Freitas, Nicolas e Éverton Felipe. O primeiro está lesionado, enquanto o lateral cumpre suspensão e o meia fica fora por já ter disputado a competição pelo Cruzeiro.

Marlon sofreu uma ruptura parcial de um dos tendões do quadril e foi substituído por Oliveira no jogo contra o Bahia. Já a lateral-esquerda é o grande problema de Mancini, até porque o Dragão não tem um jogador para a posição que esteja treinando há muito tempo com o elenco.

O time rubro-negro anunciou no último sábado (12) a contratação de Natanael que chegou por empréstimo junto ao Internacional. Ele já está com a delegação, treinou, mas ainda não foi regularizado. Se o reforço não tiver condições de jogo, o comandante já revelou que os volantes Willian Maranhão e Matheus Frizzo treinaram na posição e o jovem Luan, lateral-direito, também já foi testado na esquerda.

Outra baixa de Atlético-GO para enfrentar o Tricolor das Laranjeiras é o meia-atacante Éverton Felipe que, apesar de não ser titular, geralmente entra no decorrer de todas as partidas.

Como Malon Freitas já está em tratamento em Goiânia e Nicolas e Éverton Felipe já voltaram para a capital, a tendência é que a comissão técnica escolha dois atletas para integrar o grupo no Rio de Janeiro. Porém, o Atlético-GO ainda não divulgam quem serão estes jogadores.