Durante vistoria das obras do Estádio Olímpico, o governador Marconi Perillo (PSDB) respondeu as críticas de seus adversários na campanha. Nos últimos dias, a oposição tem elevado o tom das críticas sobre as obras e ações do governo.

O tucano foi irônico ao contestar acusação de que as obras do governo, em maioria, estão atrasadas ou inacabadas. “Os adversários devem estar falando em obras de outros Estados ou em cidades do interior. As obras do governo do Estado estão adiantando e são de muita qualidade. Os adversários não estão tendo o que falar e estão inventando chifre em cabeça de cavalo,” diz.

O governador também rebateu críticas dos opositores de que a CELG foi vendida por um valor muito baixo no acordo celebrado entre o governo e a Eletrobrás. A venda foi acertada em cerca de R$ 59,5 milhões. Segundo eles, os adversários torceram para que o acordo fracasse e para que a companhia valesse apenas R$ 1.

Marconi lembrou que o valor da CELG vai aumentar muito após a renovação da concessão da companhia pelo governo federal. Ele aponta que o valor líquido da empresa foi definido em R$ 120 milhões, mas que no ano que vem passará a valer bilhões.