O futebol goiano não terá mais três representantes no Campeonato Brasileiro da Série D.

Tudo porque o CRAC, sem recursos, decidiu não participar da quarta divisão do torneio nacional.
A Prefeitura de Catalão, que tradicionalmente é o grande patrocinador do clube, fechou os cofres para muitos investimentos neste período de crise financeira devido a pandemia do coronavírus.
O clube entregou à Federação Goiana de Futebol (FGF) sua carta de desistência e o documento será levado à Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
A confirmação veio com o presidente do Leão do Sul, Roberto Silva, em entrevista à Sagres 730. O dirigente explicou à decisão:

Com a desistência do Crac, não é certo que outro clube será convidado para disputa. Se isso acontecer, a primeira equipe da fila é a Aparecidense, que já mostrou interesse em participar da Série D.