O Goiás Esporte Clube anunciou na tarde desta segunda-feira (28) a segunda troca em seu comando técnico neste Campeonato Brasileiro da Série A. Poucos minutos após divulgar o desligamento do técnico Thiago Larghi, a equipe esmeraldina anunciou a contratação de Enderson Moreira, que vai para sua terceira passagem no clube.

A demissão de Larghi acontece após seis partidas, onde o Goiás venceu uma, empatou duas e perdeu três. O treinador teve o trabalho criticado publicamente pelo presidente Marcelo Almeida há algumas semanas, mas depois disso a equipe conseguiu vencer o até então líder Internacional e empatar com o Ceará fora de casa no último domingo (27). Mesmo sem perder nas últimas rodadas, o desempenho não agradou a diretoria e Marcelo Almeida justificou assim a saída do treinador.

No início da noite, Larghi utilizou suas redes sociais para se despedir do clube a agradecer à torcida alviverde. Na publicação o treinador disse que “as coisas não saíram como combinado” e que dos atletas indicados pela comissão técnica, apenas Edílson foi contratado.

Leia na íntegra:

Na tarde desta segunda-feira (28), fui comunicado pela diretoria do Goiás sobre a minha não continuidade no comando técnico do clube.

Aceitei o desafio de assumir a equipe não só pela grandeza da instituição, mas pelo projeto que havia sido oferecido. Infelizmente, as coisas não saíram conforme combinado.

Desde o primeiro encontro, a diretoria esteve ciente que necessitava reforçar o elenco para atingir os objetivos estabelecidos.

Dentre os nomes por nós indicados, apenas o atleta Edílson foi contratado (em 3 jogos ajudou o time a conseguir 1 vitória e 2 empates). Os demais atletas listados seguem jogando em outros clubes com boa participação, tanto na Série A quanto na Série B.

Trabalhamos dia e noite projetando um time forte e competitivo, e tenho convicção do trabalho que estava sendo realizado. Nos últimos três jogos, foram dois empates e uma vitória – sobre o líder da competição – isso indicava que estávamos no caminho certo.

Agradeço a todos os funcionários, comissão técnica e ao grupo de jogadores, que sempre se mostraram dispostos a trabalhar para atingir os objetivos.

E faço um agradecimento especial aos torcedores, pelas inúmeras mensagens de carinho e apoio.

Um grande abraço!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Torcida Esmeraldina, Na tarde desta segunda-feira (28), fui comunicado pela diretoria do Goiás sobre a minha não continuidade no comando técnico do clube. Aceitei o desafio de assumir a equipe não só pela grandeza da instituição, mas pelo projeto que havia sido oferecido. Infelizmente, as coisas não saíram conforme combinado. Desde o primeiro encontro, a diretoria esteve ciente que necessitava reforçar o elenco para atingir os objetivos estabelecidos. Dentre os nomes por nós indicados, apenas o atleta Edílson foi contratado (em 3 jogos ajudou o time a conseguir 1 vitória e 2 empates). Os demais atletas listados seguem jogando em outros clubes com boa participação, tanto na Série A quanto na Série B. Trabalhamos dia e noite projetando um time forte e competitivo, e tenho convicção do trabalho que estava sendo realizado. Nos últimos três jogos, foram dois empates e uma vitória – sobre o líder da competição – isso indicava que estávamos no caminho certo. Agradeço a todos os funcionários, comissão técnica e ao grupo de jogadores, que sempre se mostraram dispostos a trabalhar para atingir os objetivos. E faço um agradecimento especial aos torcedores, pelas inúmeras mensagens de carinho e apoio. Um grande abraço! #gratidão #torcidaesmeraldina #trabalhosegueforte 📸: Divulgação/Goiás

Uma publicação compartilhada por Thiago Larghi (@thiago_larghi) em