Sagres em OFF
Rubens Salomão

Goiânia tem 92 mil pessoas filiadas a partidos políticos

Goiânia tem 92 mil 007 pessoas filiadas em algum partido político. Na última semana a coluna Sagres em Off trouxe informações de bastidores que dirigentes de legendas já miram a filiação de novos membros. A intenção é de aproveitar o ano de 2023 para estimular o ingresso de lideranças que tenham capilaridade política, principalmente mulheres, com o fim de construir candidaturas competitivas para o cargo de vereador.

O MDB é o maior partido na capital. A legenda tem 23 mil 467 filiados e também tem a maior bancada na Câmara Municipal, com 5 parlamentares. Em 2020, o MDB elegeu seis vereadores, mas Clécio Alves deixou o partido e ingressou no Republicanos, partido do prefeito Rogério Cruz. O MDB tem meta de chegar a pelo menos 8 vereadores.

PSDB e PT têm praticamente o mesmo número de filiados. Os dois partidos ocupam a segunda e terceira colocação no ranking de legendas com mais integrantes. Mesmo com desidratação eleitoral, o PSDB do ex-governador Marconi Perillo tem 11 mil 638 filiados. Já o PT do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva tem 11 mil 598 integrantes.

O PL, partido do presidente Jair Bolsonaro é o quarto maior no número de filiados em Goiânia. A legenda tem 4 mil 717 integrantes. Fechando a lista dos cinco primeiros partidos está o PP com 4 mil 624.

Caiado

O União Brasil, partido presidido em Goiás pelo governador Ronaldo Caiado é apenas a 7ª maior legenda em Goiânia, com 3 mil 943 filiados. O partido mira a filiação de vereadores durante o período da janela partidária, que acontece seis meses antes das eleições, ou seja, somente em 2024.

Rogério Cruz

Já o partido do prefeito Rogério Cruz, o Republicanos é apenas o 11º maior partido em Goiânia. A legenda tem 2 mil 399 integrantes.

Goiás

Em todo o estado de Goiás, há 645 mil 735 filiados em algum partido político.Os dados são da justiça eleitoral e detalhados pela Sagres em Off.

Encontros

A intenção de alguns partidos é de realizar encontros regionais pela cidade para atrair novas lideranças. Alguns deles inclusive tentam captar lideranças femininas que tenham potencial de votos.

Estratégia

A estratégia é dar competitividade a chapa e atendendo as questões legais, no sentido de evitar questionamentos que resultaram na cassação de mandatos de vereadores, como aconteceu recentemente.

Expediente

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos) voltará hoje a dar expediente no Paço Municipal, depois de período de isolamento, após nova contaminação por Covid-19. É que realizou um novo teste divulgado no último sábado (26), e o resultado deu negativo.

Ficam

O senador Luiz do Carmo, o deputado federal Glaustin da Fokus e o deputado estadual Henrique César, decidiram que vão permanecer no PSC após a incorporação da sigla ao Podemos. O presidente deve ser o ex-prefeito de Bela Vista, Eurípedes do Carmo. Podemos e PSC fazem parte da base do governador Ronaldo Caiado.

Justificativa

O PSC optou pela fusão pelo fato de o partido não ter atingido a cláusula de barreira nas últimas eleições. A saída para manter acesso ao fundo partidário, ao tempo de propaganda na TV e no rádio, à presença em debates e à estrutura de liderança no Congresso Nacional foi a fusão.

Diplomação

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) confirmou o horário da diplomação dos eleitos no pleito de outubro. Ficou marcado para as 10 horas do dia 19 de dezembro.

Local

A solenidade ocorrerá no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A diplomação é o ato que a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo. Nessa ocasião, ocorre a entrega dos diplomas.

Mais lidas:

Leia também: